Follow by Email

domingo, 27 de março de 2011

Polícia Federal prende oito agentes da PRF acusados de corrupção

Esquema envolveria agentes responsáveis pela fiscalização na Rio-Santos


Oito policiais rodoviários federais, sendo três com posições de comando na Terceira Delegacia Regional da PRF de Angra dos Reis, no Litoral Sul Fluminense, foram presos na operação que a Polícia Federal realiza desde o início da manhã desta sexta-feira (25). A ação visa combater um esquema de corrupção entre policiais rodoviários federais responsáveis pela fiscalização na rodovia Rio-Santos (BR-101 Sul).

Somente na conta bancária de um dos acusados a investigação apontou o movimento de R$ 2,4 milhões em um mês, sendo que o salário mensal do agente é de R$ 10 mil.

De acordo com a assessoria do Departamento da Polícia Federal (DPF), além de Angra dos Reis, a operação ocorre em Itaguaí, na Baixada Fluminense. No total, dez mandados de prisão preventiva contra policiais rodoviários federais e 20 de busca e apreensão foram expedidos pela Vara Federal de Angra dos Reis. Ainda segundo o DPF, somente um policial continua foragido pois um dos agentes denunciados já estaria morto.

Os fatos que geraram os mandados aconteceram no período entre 2009 e 2010. O primeiro mandado de prisão foi cumprido no posto da PRF em Angra dos Reis. Cerca de 120 policiais federais participam da operação denominada Pisca-Alerta S.A. Os fatos que levaram às prisões ocorreram nos anos de 2009 e 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário